Funnel World – Resenha

Funnel World é um suplemento de 32 páginas para o Dungeon World escrito por Jason Lutes, à venda na DriveThruRPG por quatro dólares.

funnel2

Mundo dos Funis?!?

Para quem não conhece, o termo “funil” foi criado no sistema OSR Dungeon Crawl Classics. A ideia é bastante simples: ao invés de começar com um aventureiro nível 1, já com classe e equipamento apropriado para embarcar na masmorra, você começa o jogo controlando vários personagens aldeões nível zero, com pouco mais que a roupa do corpo e os implementos de sua profissão, e os coloca em uma aventura mortal.

A intenção parece ir completamente contra o bom senso geral dos RPGs modernos, de criação de um personagem complexo, rico com background e personalidade. Ao invés disso, o funil tem como intenção criar a ferro e fogo a história do futuro aventureiro – se ele sobreviver!

dccfunnel
Apenas um dia comum em um funil de DCC

Apresentação

O PDF do Funnel World é feito em um estilo oldschool, com muito bom gosto nas fontes e na diagramação. A arte é cartoon bem ao estilo que você encontrava nas Dragon Magazines antigas, não chama a atenção mas é mais agradável que um PDF wall of text como existem aos montes na cena indie.

funnel
Um grupo de aventureiros do Funnel World, armados até os dentes, pronto para um dungeon crawl

Aldeões de Nível 0

Esqueça os atributos padrão do Dungeon World – para criar um personagem você rola 3d6 em ordem para cada atributo. Os pontos de vida são o valor de Constituição dividido por 4, bem no padrão hardcore oldschool. Você não escolhe classe nem raça – todos os personagens criados são Aldeões nível 0, e o dano de todos eles é – adivinha – d4.

O que diferencia os aldeões é a sua ocupação, determinada através de uma rolagem de 1d100 e consultando a tabela no livro. A ocupação determina não apenas o equipamento inicial do aldeão, mas também a raça. Só é possível jogar com um anão ou elfo se você tirar uma das ocupações raciais que existem na lista. Como era de se esperar, as ocupações são bastante variadas. Alguns exemplos abaixo:

  • Carpinteiro – machadinha de mão, serrote de mão
  • Queijeiro – cajado, saco de serapilheira, roda de queijo (vale por 4 rações)
  • Elfo caçador – arco curdo, flechas (1d4 de munição)
  • Adivinh0 – nada
  • Pastor – cajado curvado, 1d4 ovelhas

O livreto também tem regras para determinação aleatória do gênero, nome, características e até mesmo dos vínculos.

Além da criação diferenciada, os aldeões possuem alguns movimentos diferenciados. O movimento básico é Know Your Stuff – se for fazer um Falar Difícil ou Discernir Realidades relacionada a sua ocupação você tem +1 adiante no teste, e se tiver os recursos e tentar fazer algo relacionado a sua profissão você consegue sem fazer teste. Três movimentos básicos são alterados: Último Suspiro agora significa simplesmente que você morreu, sem direito a teste; Fim da Sessão adiciona a pergunta “Nós testemunhamos uma morte horrível de um companheiro?”, e Aumentar de Nível que traz as regras para ganhar uma classe definitiva do livro básico. O livro também traz regras opcionais de Sorte, para os puristas que querem ficar próximos ao Dungeon Crawl Classics.

Funnel Starter

O livreto possui ainda quatro Funnel Starters. Construído nos moldes dos excelentes Dungeon Starters do Marshal Miller, eles apresentam o esboço de uma situação inicial, com bastante espaço para a criação compartilhada com os jogadores através do princípio Faça perguntas e use as respostas. Os starters permitem começar um jogo rapidamente, mesmo sendo pouco mais que um esqueleto. Alguns possuem movimentos extras, relevantes à situação dos pobres aldeões.

A editora publicou também um livreto chamado 3 Fiendish Funnel Starters, de graça no DriveThruRPG que tem starter ainda mais.. pitorescos, podemos dizer assim. De quebra, o final do livro tem uma lista de aventuras OSR que autor sugere  adaptar para o Funnel World, principalmente as que já são funis de nível 0 da editora Goodman Games.

Avaliação Final

No final da leitura, a minha avaliação é bastante positiva. Desde a bolha d20 eu aprendi a não esperar muito por um PDF de quatro dólares, porém o Funnel World surpreendeu pelo cuidado na apresentação e no texto. Mesmo em uma resenha tão extensa para um livreto de 32 páginas ainda deixei de fora coisas excelentes como as regras de criação de vilareijo e de aumento de nível. Claramente foi um trabalho muito bem feito pelo Jason Lutes e que me deixou com vontade de mestrar uma aventura do tipo funil o mais rápido possível.

Antes de encerrar, deixo mais uma dica para quem gostou da idéia do funil e gostaria de conhecer melhor: o Adam Koebel mestrou uma campanha no programa Missclicks utilizando o material do Funnel World. Vale a pena conferir:

Anúncios